Novos Tempos

Balneário Camboriu, SC.

Semana VII no litoral de Santa Catarina.

Talvez a minha missão aqui seja educar e informar você mostrando como os negócios e finanças realmente funcionam, para que aprendam a pensar criticamente e tomem as suas próprias decisões com qualidade, sendo sempre responsáveis por suas próprias escolhas e sem depender de terceiros.

Mas sem deixar de trazer novas visões, ideias e pontos de vista que lhe instiguem a alcançar mais, seja através de um estilo de vida ou de um objetivo antigo ou novo que você tem e decide enfrentar.

Na semana passada, falamos disto, citei alguns matemáticos mas o que mais me chamou a atenção foi aquela frase do Mozart. Devemos ousar.

E volto a questionar. Para que estamos aqui se não para sermos felizes, aprender, melhorar, amar, crescer?

A vitória em si não existe, é a apenas uma sensação convencionada – por vezes compartilhada, por vezes não.

Gosto da vitória pela vitória, da conquista pela conquista, sem ponto final. A vida não é linear. Lembro-me daquela frase do professor DeRose, obstáculos e dificuldades fazem parte da vida. E a vida é a arte de superá-los.

Simples e genial.

No dia antes de ontem enviei um e-mail para alguns de vocês compartilhando uma nova ideia que tive e literalmente buscando ajuda para fazê-la… isto é ousar, é estar exposto a riscos, mesmo que pequenos, mas ainda assim riscos, mesmo que seja de rejeição, receber um não ou até uma provocação de alguém… bom, foi incrível, já temos uma lista de desafios que vocês encontram quando estão começando a investir ou até mesmo investindo.

As dificuldades são tremendas para os iniciantes, e eu quero descomplicar, mas não quero fazer as coisas parecerem fáceis quando não são. Não vou influenciar você a começar a investir por que é fácil. Isto é fácil, mas não é simples. Você é que deve saber da sua vida e tomar as suas próprias decisões, ou nasceríamos com alguém ao lado.

Os iniciantes em negócios e investimentos costumam ter experiências dolorosas e nunca mais voltam para a atividade ou levam décadas para voltar para o mercado e ainda tentam incentivar o seu meio (famílias, amigos, professor de tênis) a não entrar nessa – como se soubessem o que estavam fazendo seguindo o sistema…

A Coragem não pode estar só.

Você tem medos e se não se dedicar, ou não saber por quê você está fazendo isto, você fará apenas pelo dinheiro, e este na minha visão é o início do fim.

Bem, eu fiz o meu primeiro investimento para aprender, estou buscando aprender até hoje e não quero parar… nem lembro o que eu comprei, mas sei que eu não sabia nada – mas achava que sabia tudo (rsrsrs). O fato é, eu estava indo pelo caminho errado e levei anos para ir sair do caminho das pedras e descobrir o caminho do mar.

Isto me ajuda a cumprir aquela missão acima, pois mais do que isto, eu aprendi na prática, sem padrinhos, com a caneta na mão, nas aulas de finanças, com o dedo fixo na HP e o olho no excel…

Hoje não entendo por que complicar tanto, estou até pensando em fazer um Guia (como foi sugerido nas respostas dos e-mails) mas seria como: Os X Erros… algo que eu possa falar o que eu fiz de errado desde 2007 e que não desejo que ninguém faça, talvez até faça em um formato inovador, seria útil para você? Gostaria de saber o que você acha disso, me responda aqui mesmo, se houverem interessados farei.

No mais, voltaremos a falar em negócios após às eleições, se elas acabarem…

Preparemo-nos para o que há por vir.

Voltaremos em breve.

Abraço,

Marcelo