Paciência tem limite?

É como se todos estivessem vivendo a minha quarentena… como você sabe meu convívio social é quase imperceptível…

O que estou fazendo: Basicamente desde novembro readequei meu porfólio para proteção, pura sorte, meus 4 leitores que me acompanham podem ter percebido a mudança na minha linguagem…Não restava muito o que fazer, a alocação em bolsa estava em cerca de 20% do porfólio, então aumentei os ativos de proteção, onde já estavam o dólar, o ouro e outras coisas mais…

Não acho que a crise não está nenhum pouco perto de acabar, mas quando bateu os 62 mil pontos fiz um novo estudo, analisei alguns números e indicadores e aumentei a posição em ações que continua sendo pequena, dentro do portfólio total… com o tempo incrementarei esta posição. Quando chegar a hora apertamos outros botões, uma coisa de cada vez. Uma das piores coisas que você pode fazer é querer pegar a faca caindo…

Como tenho falado, no bull multiplica, no bear protege…

O que estou fazendo nos negócios: Tenho trabalhado normalmente em HomeOffice, com algumas comidinhas da R. abrilhantando o meu dia… uma vez que o novo escritório teve a sua obra atrasada. Isolamento e home office é algo fácil de se fazer por aqui, nesta semana conversei com meu business-partner de Londres e pudemos rir da situação, ele tem trabalhado viajando o mundo em mais de 60 países trabalhando de escritórios e hotéis e ao longo dos anos pode se acostumar com o trabalho remoto enquanto gerenciava seus times pelo mundo, migrando de um fuso-horário para outro.

Eu deixei de trabalhar pouco mais de 300 dias nos últimos 15 anos, o que dá menos de cerca de 20 dias por ano, mas confesso que este cálculo está errado pois passei os últimos 10 anos trabalhando o dobro ou o triplo da média. Média é trash. Não desejo a ninguém. Em compensação hoje sei fazer nada. E esta é a coisa mais importante que se deve saber fazer quando não é preciso. Não fazer nada, como Epictetus afirmou a.c. às coisas voltam para o seu lugar de equilíbrio.

Estou preocupado com a alimentação no Brasil, especialmente em virtude do início da paralização, mesmo que parcial de algumas indústrias, veja bem…

Fui ao mercado ontem para fazer as compras de casa, nada de exagero, mas alguns produtos essenciais haviam acabado…

A indústria ligada a produção de alimentos não pode parar… espero que a Ministra da Agricultura, Ministro da Indústria e Economia e os deputados possam priorizar este setor logo. Hoje pela manhã troquei algumas ligações preocupado com a questão Corona Vírus.

Se um caminhão, uma colheitadeira ou uma plantadeira quebrar enquanto planta, colhe, ou transporta, quem vai fornecer a roda? Sem este transporte não existe alimento para ninguém, seja qual for a da sua classe social (que pouco interessa).

Sobre esperar: Não fazia sentido estudar Value Investing no meio do bull-market… era difícil encontrar uma barganha…

Paciência: A crise vai demorar, expliquei detalhadamente na edição desta semana, que chamei de “A Crise vai demorar para passar” e relacionei o que fazer em uma situação de LockDown geral, a situação vai ser catastrófica.

Veja alguma das últimas baixas lá fora desde o pico (recente):

  • Norwegian Cruise Line 86%
  • Royal Caribbean Cruise Line 82%
  • Carnival Cruise Line 81%
  • MGM Resorts 79%
  • United Airlines 74%
  • Boeing 73%
  • Marathon Petroleum 71%
  • Citigroup 55%
  • Hilton Worldwide 55%
  • Las Vegas Sands (casinos and resorts) 46%
  • ExxonMobil 44%
  • Ford 44%
  • Starbucks 43%
  • Best Buy 41%
  • Disney 40%
  • Goldman Sachs 40%
  • Union Pacific Railroad 39%
  • JPMorgan Chase 38%
  • McDonald’s 37%

No Brasil, só a Petrobrás caiu 60% nos últimos 30 dias.

Se a crise foi a mais rápida da história, agradeça a você mesmo por ter a gestão do seu portfólio na sua mão – nestas horas a decisão é emocional (e a maioria das vezes infeliz) – hoje em dia não é necessário se levarem semanas até a queda abrupta das ações, da mesma forma que as mídias sociais disseminam informações boas ou más em todo o mundo em um curto período de tempo, os investidores compram e vendem suas ações – aguarde até que alguém escreva um livro sobre esta relação… certamente não serei citado nos créditos.

Abraço,

Marcelo