Edição 34 – Em Meio a Tempestade

Boa tarde.

Aqui quem escreve é o Marcelo A. Marini, mantendo a nossa publicação semanal do Palavra KPI e do Ideia KPI, disponível somente para assinantes destas publicações na nossa plataforma ou no Telegram para quem prefere a versão em aúdio.

Hoje lí um documento recebido pela Rafaela informando como proceder para evitar o contágio com o Corona Vírus. Hoje comprei dois frascos de álcool em gel. Ontem cancelei minha estadia em hotel em Porto Alegre que aconteceria no próximo final de semana por precaução em virtude do possível convívio com viajantes no hotel.

Tudo isso eu chamo de preparar o telhado.

Quando falamos em investir em Renda Fixa e em outras classes de ativos como o Ouro, Dólar até mesmo cripto-ativos, opções e entender o papel de cada classe no seu portfólio de ações, ou na sua carteira de investimentos, estamos falando em preparar o telhado.

Mesmo assim, dependendo da força da chuva, o telhado poderá sofrer danos, quanto mais extensa a chuva, maior a probabilidade que ele sofrerá danos.

Mas, deve-se preparar o telhado antes da chuva, isto é fato.

Em momentos de euforia, em momentos de desespero – pânico – as pessoas molham-se mais do que deveriam.

É claro que em meio a tempestade, se você sair por aí vendendo guarda chuvas, você terá uma grande chance de ganhos, mas isso não é pensar no curto prazo? isso não seria acreditar que sabe o que vai acontecer? (ninguém nunca saberá) especular é para especulador, investir é para sócio, está é a filosofia que defendemos. O que não impede você de especular no curto prazo, mas entendendo com qual parte ou percentual da sua carteira você fará isso.

É claro, sem termo, sem hegde – isso é para profissionais, e olha lá…

É sempre mais fácil para os mais preparados, hoje, extraordinariamente, o mercado de ações – em virtude do primeiro caso confirmado do Corona Vírus no Brasil – reagiu em forte baixa. É claro, não se sabe sobre a extensão do vírus nem se as pessoas deixarão de ir ao trabalho, acelerando assim o impacto na economia.

Mundo
Já é previsto eventuais quedas nos resultados das empresas no próximo trimestre por efeitos do Corona Vírus.
Teme-se queda acentuada na atividade economica global.

Brasil
Momento de preparação psicológica para não entrar em pânico. Poderão haver oportunidades de compra. A busca por empresas de qualidade pode ser uma alternativa, uma vez que estarão mais baratas. Em geral, os mercados reagem positivamente 6 meses após as crises – a lembrar: Ebola, H5N1, H1N1, SARS, Zica, etc…
Os próximos dias deverão ser de muita chuva por aqui. Esperemos passar, sem deixar de acompanhar a previsão do tempo.

Ouro
Hedge importante no ano, faz parte do telhado. Assim como outros ativos não correlacionados.

Movimento pró-bolsa
Cada vez mais empresários tem buscado o mercado de ações para realizarem IPO’s, ganham os bancos que participam do processo, já os bancos comerciais irão financiar menos os empresários e a buscar por dinheiro para tocar novos projetos e investimentos ocorrerá através de bancos de investimentos como o BTG Pactual e semelhantes, o empresário Brasileiro tende a ir para a bolsa abrir capital.

Corona-Vírus
O aumento dos novos casos assusta, mas o Corona Vírus não muda o longo prazo.
É hora de não agir. Em momentos de pânico o melhor é deixar a chuva passar.

Abraço.

Marcelo A. Marini